Borda superior compartilhada

 

 

         Menu
    DENATRAN
    LEGISLAÇÃO
    SERVIÇOS ONLINE
    EDUCAÇÃO
    ESTATÍSTICA
    OUTROS
Últimas Notícias

Publicado em 25 de outubro de 2012

Dilma testa simulador de direção em estande do Ministério das Cidades no Salão Internacional do Automóvel



 

A presidenta Dilma Rousseff, ao lado do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e do piloto Emerson Fittipaldi testou o Simulador de Direção de quatro rodas, no estande do Ministério das Cidades (MCidades), durante o 27º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. A ação faz parte da campanha permanente para redução dos acidentes de trânsito do ministério. Eles integraram a comitiva da presidenta, que visitou diversos estandes e fez a abertura oficial do evento.

Após o teste, a presidenta afirmou que foi uma sensação interessante ter passado por todas as fases do simulador, sem cometer nenhum erro grave. Ela deixou apenas de ligar a seta para mudar de faixa e não pisou inicialmente na embreagem para o carro andar. Em discurso, na abertura oficial do salão, Dilma Rousseff também destacou que "é necessário evitar que pessoas sejam condenadas a perder a vida por conta de um acidente”.

O ministro Aguinaldo Ribeiro disse que o simulador é uma adequação à resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para a segurança dos futuros condutores, antes das aulas práticas nas ruas. Ele observou que essa iniciativa do ministério, no salão do automóvel, faz parte do Parada: Pacto Nacional pela Redução de Acidentes.  

“Nós vamos continuar trabalhando com a mobilização. Precisamos da sensibilização de toda a sociedade brasileira para esse grande Pacto Nacional pela Redução de Acidentes. Começamos com as crianças, agora vamos veicular um novo filme na mídia para a conscientização da população”, observou Ribeiro, lembrando da última campanha direcionada às crianças – o Paradinha.

Ele aproveitou para anunciar que o Ministério das Cidades vai doar 1 milhão de bafômetros até o fim do ano. Os bafômetros serão utilizados em ações educativas, não punitivas, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), órgão do ministério. “Vamos apoiar os estados na fiscalização nas ruas das cidades, através de capacitação e mobilização”, concluiu.

Emerson Fittipaldi, que também testou o simulador, afirmou que o equipamento traz condições muito parecidas com a realidade, além de autoconfiança para quem nunca andou de carro nas ruas. “A campanha é muito importante para a conscientização do trânsito no Brasil. O ministro e o Governo Federal estão empenhados para diminuir os acidentes e ter o trânsito mais seguro”, enfatizou. 

Simulador - O simulador de direção será obrigatório, a partir do próximo ano, na programação de aulas dos Centros de Formação de Condutores (autoescolas) para a habilitação na categoria “B”. A decisão será regulamentada na próxima reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), marcada para o dia 31 de outubro. A ideia é utilizar tecnologias de simulação e realidade virtual, para o aprimoramento do processo de formação.

Estudos comprovaram que o equipamento pode reduzir pela metade o número de acidentes, nos 24 primeiros meses após a retirada da habilitação.

O simulador de direção ficará disponível aos visitantes até o último dia do salão de automóveis (04/11).

 

Assessoria de Comunicação Social

Ministério das Cidades

 

 

 

Setor de Autarquias Sul, Quadra 1, Bloco H, 5º andar CEP 70070-010 Brasília-DF - denatran@cidades.gov.br